A importância das atividades físicas na vida escolar das crianças.

crianças praticando educação física - educação física

A importância das atividades físicas

Muito se tem falado sobre a necessidade de atividades da educação física no cotidiano escolar das crianças, atividades dirigidas, com objetivos específicos, não apenas aquelas feitas de forma voluntária nos momentos de brincadeiras.

Em um momento em que muitas crianças têm mudado o jeito comum de brincar em seus lares trocando por jogos eletrônicos brincadeiras como correr, pular, pique esconde, entre outras, é necessário que a escola tenha um olhar mais atento para as atividades de movimento.

A escola infantil é um lugar de descobertas e de ampliação das experiências individuais, culturais, sociais e educativas, através da inserção da criança em ambientes distintos dos da família. Um espaço e um tempo em que sejam integrados o desenvolvimento da criança, seu mundo de vida, sua subjetividade, com os contextos sociais e culturais que a envolvem através das inúmeras experiências que ela deve ter a oportunidade e estímulo de vivenciar nesse espaço de sua formação.

Desse modo as atividades da educação física tem um papel fundamental na Educação Infantil, pela possibilidade de proporcionar às crianças uma diversidade de experiências através de situações nas quais elas possam criar, inventar, descobrir movimentos novos, reelaborar conceitos e ideias sobre o movimento e suas ações. Além disso, é um espaço para que, através de situações de experiências – com o corpo, com materiais e de interação social – as crianças descubram os próprios limites, enfrentem desafios, conheçam e valorizem o próprio corpo, relacionem-se com outras pessoas, percebam a origem do movimento, expressem sentimentos, utilizando a linguagem corporal, localizem-se no espaço, entre outras situações voltadas ao desenvolvimento de suas capacidades intelectuais e afetivas, numa atuação consciente e crítica.

Qual a importância das atividades físicas na infância?

Uma das consequências mais graves da falta de exercícios na infância é a obesidade. É cada vez mais comum ver crianças com diabetes, doenças respiratórias e problemas no coração. Segundo dados do IBGE, o sobrepeso vem aumentando a cada ano e hoje atinge mais de 30% das crianças entre cinco e nove anos de idade e cerca de 20% da população entre 10 e 19 anos. Desse modo atividades da educação física torna-se fundamental para essa faixa etária da vida.

Os benefícios dos exercícios físicos na infância vão além dos já conhecidos na vida adulta. Começar a praticar atividade da educação física ainda pequeno vai ajudar no desenvolvimento de diversas capacidades que serão ainda mais importantes ao longo de seu amadurecimento. Assim as crianças devem praticar atividades da educação física porque…

Estimula bons hábitos

Ter uma alimentação saudável, beber água adequadamente, dormir bem e se exercitar são bons hábitos de vida que ajudam a prevenir doenças e a ter uma melhor qualidade de vida. Muitos adultos sofrem quando precisam inseri-los no dia a dia porque tais mudanças podem ser desafiadoras.

Por esse motivo, quanto mais cedo eles fizerem parte da rotina, mais fácil será mantê-los. Estimular as crianças a praticar atividades da educação física pode ser o pontapé inicial para ensiná-las sobre a importância de um estilo de vida saudável.

Melhora a concentração

As atividades da educação física influenciam positivamente o funcionamento do cérebro. Elas ajudam na produção de novos neurônios, na chegada de nutrientes e oxigênio para o órgão e na memorização do aprendizado. Tudo isso favorece a capacidade de concentração.

Se o seu filho tem alguma dificuldade de aprendizado na escola, apresenta ansiedade e pouco foco na realização das tarefas, a prática de atividades da educação física pode ajudá-lo a melhorar essa questão.

Desenvolve a coordenação motora

Independentemente de qual seja a modalidade escolhida para se praticar, as atividades da educação física ajudam — e muito — no desenvolvimento da coordenação motora. Apesar de crianças saudáveis a desenvolverem de forma natural, é importante estimulá-la para que possam construir todo o seu potencial dos movimentos e ter o controle sobre o próprio corpo.

Melhora a postura

A má postura corporal contribui para o surgimento de doenças ortopédicas, além de dores nas costas, no pescoço e, até mesmo, na cabeça. Os exercícios físicos são ótimos aliados na melhora da postura, pois fortalecem os ossos e os músculos que dão sustentação ao corpo.

Incentiva a socialização

Crianças tímidas podem se beneficiar ainda mais da prática de exercícios físicos, principalmente em modalidades coletivas. Durante os esportes, por exemplo, os pequenos socializam, conversam com os colegas, aprendem o que é o espírito esportivo e fazem novas amizades. Sendo assim, praticar um esporte é uma ótima maneira de a criançada entender os conceitos da sociedade e saber lidar com outras pessoas.

educação física na escola

Mantém o peso corporal saudável

Manter o peso corporal saudável é importante para evitar problemas de saúde. Com o uso de jogos eletrônicos e muito tempo em telas, parte das crianças deixou de se movimentar frequentemente e ganhou peso. Por isso, é fundamental incentivar a prática de atividades da educação física, a fim de prevenir o aumento excessivo de peso.

Aumenta a qualidade do sono

Você sabia que se exercitar ajuda a ter um sono melhor? Não apenas pelo cansaço, mas por conta do funcionamento do organismo. A prática regular de atividades da educação física libera hormônios fundamentais para o bem-estar, inclusive a serotonina.

Assim que anoitece, essa substância se transforma em melatonina, hormônio do sono. Dessa maneira, se temos uma boa quantidade de serotonina no corpo, logo teremos de melatonina e, consequentemente, dormiremos melhor. Caso o pequeno tenha dificuldades para dormir, essa é outra razão para incentivá-lo a se movimentar.

E pedagogicamente qual a importância dessas atividades?

Pedagogicamente, estruturamos a experiência corporal em aulas de Educação Física, que estrutura o trabalho da seguinte forma:

Experiência do Corpo: voltada para o interior do indivíduo, que, através do movimento, conhece, sente, relaciona as suas condições, que antes eram naturais (respirar, contrair, relaxar, andar, saltar, etc.), tornando-as conscientes.

Experiência com o Corpo: aqui o indivíduo passa a se relacionar com o

mundo através de seu corpo, reelaborando conceitos que este formulará

a partir de sua experiência individual e particular.

educação física

3) Experiência do Corpo no espelho do outro: ocorre quando se entra em

diálogo com o outro, também corpo, nas interações sociais, momento em

que são provocadas as comparações, as avaliações, as interpretações e

as reflexões sobre o seu próprio corpo e o corpo dos outros.

4) Apresentação do corpo e a Interpretação da linguagem corporal do outro:

significa a comunicação entre os corpos que se relacionam e o mundo.

Este momento propicia o diálogo em que interpretações e respostas são

expressas através do movimento destes corpos, constituindo novos

significados, mantendo-se vivas e dinâmicas as relações entre os sujeitos

e o mundo.

 

Gostou do nosso conteúdo?

Conheça também a nossa plataforma de cursos online gratuitos, clicando aqui!

Siga nossa página no Instagram @soeducador, postamos conteúdos incríveis lá! 🙂

 

Referências.

Novos alunos. Entenda a importância da prática das atividades físicas para crianças. Disponível em: novosalunos.com.br/atividade-fisica-para-criancas/. Acessado em 13 de outubro de 21, às 8:00.

Autor

Izabel Barros

Izabel Barros

Quer receber
mais conteúdos
GRATUITAMENTE?

Receba em primeira mão conteúdos relevantes do mundo educacional, basta preencher o formulário abaixo!

Fique tranquilo...

Quer receber
mais conteúdos
GRATUITAMENTE?

Receba em primeira mão conteúdos relevantes do mundo educacional, basta preencher o formulário abaixo!

Fique tranquilo...