O papel do Pedagogo Hospitalar

O papel do Pedagogo Hospitalar e Médico e criança fantasiada no hospital

O que faz o pedagogo hospitalar?

O papel do Pedagogo Hospitalar você sabe qual é? Nesse post, iremos falar um pouco mais sobre esse profissional, que apesar de desconhecido por muitos, é tão essencial no seu campo de atuação.

Vamos começar pela  definição!

Pedagogo Hospitalar  é o profissional responsável por aliar a saúde à educação, servindo como ponte entre o estudante e a escola, e acompanhando a aprendizagem desse paciente durante a internação, seja ela eventual, seja ela um processo recorrente.

Qual é o campo de atuação do Pedagogo Hospitalar?

Muitos associam a profissão de pedagogo apenas ao ambiente escolar, mas poucos sabem que em hospitais também necessitam desse profissional. O papel do Pedagogo Hospitalar faz toda diferença na vida de pacientes que necessitam dar continuidade aos estudos e não podem por questões de saúde.

São diversas as situações que podem levar uma pessoa a um hospital, seja ela uma criança ,  jovem ou adulto. Algumas precisam passar longos períodos, e são nessas situações que o papel do pedagogo hospitalar entra em ação, levando educação aos que estão impossibilitados de ir até onde ela geralmente está.

Este novo espaço educacional dentro de hospitais vem suprir a necessidade de atender essas crianças que estão afastadas da escola, da família e de outros convívios sociais, podendo trazer sentimentos de tristeza, inseguranças, raivas e frustrações trazendo prejuízos, inclusive no processo de recuperação.

O papel do pedagogo hospitalar e a sua importância.

Para que seja feito um bom trabalho, o pedagogo hospitalar deverá, de forma personalizada, direcionar o ensino de acordo com as necessidades do paciente. Ele deverá desenvolver estratégias em consonância com o caso em mãos, para ir de encontro às necessidades educacionais do paciente.

Além do aspecto cognitivo, é função também desse profissional trabalhar as questões emocionais, psicológicas, tendo em vista que as suas limitações físicas podem comprometer essas outras áreas. Desse modo, o ambiente ficará adequado para o aprendizado.

A pedagogia hospitalar é um modo de ensino da Educação Especial que visa a ação do educador no ambiente hospitalar. E como em hospitais não costumam ter salas de aula, o trabalho do pedagogo é feito nos próprios leitos fazendo mediações do conhecimento e acompanhando o progresso do aluno. Esse trabalho também pode ser feito no domicílio do paciente, em casos cujo tratamento é feito em casa.

E o mercado de trabalho como é?

O papel do Pedagogo Hospitalar tem ganhado, aos poucos, espaço e reconhecimento no mercado de trabalho. Ele poderá atuar tanto em hospitais públicos como em privados, além do domicílio, já falado anteriormente.

Dentro do ramo da Pedagogia hospitalar é possível encontrar duas frentes de atuação:

  • o pedagogo hospitalar é o profissional que faz a ligação entre a equipe médica, a família do paciente e a escola. Após ser autorizado pelo médico responsável pelo caso, ele deve coordenar e acompanhar o professor encarregado de realizar o atendimento, assim como avaliar se as atividades sugeridas estão adequadas;
  • o professor hospitalar realiza os atendimentos pedagógicos, tendo as mesmas responsabilidades de um professor tradicional para com a formação do aluno.

Como surgiu a Pedagogia Hospitalar?

Tão importante quanto saber o que é, e qual o papel do Pedagogo Hospitalar, é fundamental saber sua origem, como surgiu.

A Pedagogia Hospitalar, surgiu durante a II Guerra Mundial, quando várias crianças e adolescentes ficaram feridas, e precisaram ficar internadas. Algumas até apresentavam casos de hanseníase e tuberculose. Como a demanda de crianças internadas cresceu muito, os hospitais tiveram de ser adaptados.  Foi criada por Henri Sellier a classe hospitalar, que tinha como objetivo amenizar a dor e sofrimento causados pela guerra, permitindo que os alunos tivessem o direito de prosseguir com seus estudos ali mesmo no Hospital.

Daí importância do papel do Pedagogo Hospitalar   de trabalhar em conjunto com o hospital, analisar o prontuário do aluno, para saber a causa da internação, fazer anotações de todas as atividades realizadas, para que quando o paciente tiver alta, seja entregue as anotações para a escola, além também de ser em partes uma terapia para o aluno, uma vez que ao aprender ele consegue dispersar um pouco seu pensamento em relação a sua condição e saúde.

Aqui no Brasil, a pedagogia hospitalar é recente. Algumas pesquisas informam que a origem ocorreu nas terras paraenses, mas , na maioria das pesquisas realizadas, a Pedagogia Hospitalar no Brasil teve sua origem na década de 50, na cidade do Rio de Janeiro, mais precisamente em 24 de agosto de 1950, no Hospital Menino Jesus, no qual até hoje é referência.

Como o papel do Pedagogo Escolar pode ser desenvolvido?

Uma das principais ferramentas ser utilizada por esse profissional é a atividade lúdica, pois em muitas situações a criança ou o adolescente estará impossibilitado de fazer atividades tradicionais, por exemplo, escrever ou pintar. Materiais coloridos, músicas, contação de histórias, são exemplos desses materiais, que serão utilizados de acordo com as necessidades de cada paciente. O importante é alcançar o objetivo, o desenvolvimento cognitivo da criança.

Sendo assim, o papel do Pedagogo Hospitalar torna-se fundamental para o acompanhamento e o desenvolvimento dessas crianças e jovens impossibilitados de frequentar uma escola, e para que elas tenham o direito a educação e ao conhecimento.

Gostou do nosso conteúdo?

Conheça também a nossa plataforma de cursos online gratuitos, clicando aqui!

Siga nossa página no Instagram @soeducador, postamos conteúdos incríveis lá! 🙂

 

Referências

Pedagogia Hospitalar: O que você deve saber sobre a profissão. Faculdade Unyleya .Disponível em: https://blog.unyleya.edu.br/especialize-se/pedagogia-hospitalar/#:~:text=%C3%89%20nesse%20cen%C3%A1rio%20que%20entra,seja%20ela%20um%20processo%20recorrente. Acesso em 1 de julho de 2022

Carneiro, Maria Emília Alves; Tavares, Luciana Madeira Motta. A função do pedagogo no ambiente hospitalar. Disponível em: http://repositorio.unis.edu.br/bitstream/prefix/1364/1/Artigo%20Maria%20Emilia%20Alves%20Carneiro.pdf . Acesso em 4 de julho de 2022.

 

Autor

Izabel Barros

Izabel Barros

Quer receber
mais conteúdos
GRATUITAMENTE?

Receba em primeira mão conteúdos relevantes do mundo educacional, basta preencher o formulário abaixo!

Fique tranquilo...

Quer receber
mais conteúdos
GRATUITAMENTE?

Receba em primeira mão conteúdos relevantes do mundo educacional, basta preencher o formulário abaixo!

Fique tranquilo...