Como os professores podem auxiliar com a Discalculia

O que é Discalculia - Criança riscando números na lousa

O que é?

Primeiramente vamos entender o conceito de O QUE É DISCALCULIA. Bom, discalculia é um transtorno da aprendizagem que afeta as habilidades básicas da matemática. Essa dificuldade não está relacionada ao QI ou a deficiência intelectual, discalculia é um déficit cognitivo da representação numérica. Como os conteúdos da aritmética e que também prejudica o raciocínio lógico. Então quem possui discalculia tem as capacidades básicas e os conceitos matemáticos totalmente prejudicadas.

Discalculia é uma condição que afeta a capacidade de adquirir habilidades matemáticas. (…) Mesmo que produzam a resposta correta ou usem o método correto, eles fazem isso mecanicamente e sem confiança (FARRELL, 2008, p. 73).

Esse tema é muito importante para educação, pois o professor deve conhecer os sinais e como proceder diante desse aspecto. Então, pensando nisso preparamos esse artigo para ajudar o professor em sala de aula. Boa leitura!

Sinais e sintomas da Discalculia

Os sinais da discalculia é de fácil percepção, pois as crianças que possuem essa dificuldade não conseguem compreender nenhum conceito relacionado aos números e nenhuma habilidade que precisa do raciocínio lógico. Pois, a criança mostra dificuldade no âmbito escolar e também reflete na sua rotina. Desse modo, é mais difícil para criança conseguir compreender o conceito de números e também não vai entender a relação de quantidade.

São em muitos fatores que a discalculia afeta na aprendizagem da criança e conforme os anos escolares vão passando a criança tende a aumentar essa dificuldade. Da mesma forma que os demais transtornos a discalculia não tem fator certo e infelizmente não tem cura. Se a criança tem dificuldade de conhecer os números e não consegue compreender a tabuada, inclusive operações simples de matemática. O professor, escola e pais devem prestar mais atenção nesse aspecto, porque são sinais de alerta para discalculia.

São 4 principais tipos de Discalculia

  • Discalculia Léxica: é a dificuldade de fazer a leitura da representação verbal numérica daquela expressão.
  • Discalculia Verbal: é a dificuldade na representação da fala da expressão numérica.
  • Discalculia Gráfica: é a dificuldade na representação gráfica na escrita numérica.
  • Discalculia Operacional: é a dificuldade na execução das operações e cálculos matemáticos.

Outras características da Discalculia:  

  • A criança tem dificuldade de entender o número maior e o número menor;
  • Não conseguem arredondar números;
  • Utilizam cálculos para contas simples;
  • As crianças podem confundir os números parecidos e também pode inverter os números;
  • Tem dificuldade de resolver sentenças numéricas, como por exemplo a tabuada;
  • É difícil para essas crianças memorizar cálculos e formulas;
  • Conflito com símbolos (=, +, -, <, >);
  • E também com cálculo de adição, subtração, multiplicação e divisão.

A discalculia pode afetar algumas habilidades da criança de inúmeras formas. À medida que a criança for aumentando sua escolaridade as dificuldades com a discalculia vão crescendo. As dificuldades apresentadas ao longo da sua educação são problemas com a leitura de gráficos e tabelas, estimativas, equações, frações, estatística e porcentagem. Esses são alguns dos problemas que a criança apresenta. E quando o professor conhece os sinais pode intervir e procurar meios de ajudar esse aluno para conseguir aprender de forma eficaz.

Tratamento

O tratamento para discalculia vai depender da dificuldade de cada criança e diante disso proceder da melhor forma que ajude a criança a se desenvolver. E também pode estar relacionado com outros transtornos. Por isso, é importante fazer um diagnóstico com um especialista e depender da avaliação seguir com o tratamento com as seções interventivas. Porque a partir dessas mediações a criança pode ter uma ajuda maior de acordo com as suas necessidades da criança.

O tratamento especializado tem como finalidade auxiliar essa criança a encontrar estratégias para melhor lidar com essas dificuldades apresentadas. Esse diagnostico é feito por uma equipe multiprofissional que vai mostrar os melhores caminhos para ajudar a criança no seu desenvolvimento escolar.

Como o professor pode ajudar os alunos com Discalculia

É muito importante estudar esse tema para oferecer uma melhor qualidade de ensino para as crianças que tem discalculia. Pois, esse transtorno interfere negativamente na aprendizagem da criança, jovens e adultos. Desse modo, é fundamental promover meios para auxiliar o indivíduo nas suas necessidades.

Então, de que maneira o professor pode trabalhar o aluno com discalculia? Primeiramente, o professor deve conhecer e compreender sobre a discalculia para então trabalhar de modo que o aluno consiga assimilar de forma eficiente. Diante disso, serão apresentadas estratégias para trabalhar com aluno com discalculia, métodos que o professor pode inovar em sala de aula:

  • Fale ou escreva
  • Desenhe
  • Divida as tarefas em etapas
  • Use objetos
  • Revise
  • Aulas de reforço
  • Ferramentas e tecnologia
  • Adaptações em sala de aula

O papel do professor frente a discalculia é promover meios para ajudar o aluno diante dessa dificuldade. Pois, o professor tem uma interação com o aluno em sala de aula e diante disso promover atividades voltadas para suas necessidades. É de suma importância conhecer seus alunos e sua realidade para proceder de forma efetiva no desenvolvimento de cada criança.

Por isso, a importância de o professor ter uma formação continuada para ser um facilitador desse aspecto. Conhecer esses transtornos que prejudicam a criança e saber como proceder vai ajudar tanto o aluno como o professor na sua pratica. Possibilitar atividades estratégicas é de extrema importância, pois dessa forma o aluno é incluído em sala de aula e também seu direito enquanto cidadão.

Crianças que apresentam discalculia uma boa dica é usar recursos lúdicos para favorecer a aprendizagem, como:

  1. Ábaco: ajuda a criança na quantidade, cores e expressões numéricas. Essa é uma ótima estratégia para o professor usar com alunos com discalculia na sala de aula.
  2. Jogos educativos: como jogos para divisão e multiplicação.
  1. Bingo infantil: esse método influencia várias outras habilidades. Como a curiosidade, imaginação, raciocínio logico e também estimula a concentração da criança.

 

Gostou do nosso conteúdo?

Conheça também a nossa plataforma de cursos online gratuitos, clicando aqui!

Siga nossa página no Instagram @soeducador, postamos conteúdos incríveis lá! 🙂

 

Referências

BORGES, Vivian. Discalculia – O que é? Saiba agora como identificar os sintomas e conheça os tratamentos. Youtube, 26 maio 2020. Disponível em: <https://youtu.be/D-ST9aSCw5Y>. Acesso em: 14 de nov. 2021.

FARRELL, Michael. Dislexia e outras dificuldades de aprendizagem específicas. Guia do professor; tradução Maria Adriana Veríssimo Veronese. Porto Alegre: Artmed, 2008.

 

 

Autor

Izabel Barros

Izabel Barros

Quer receber
mais conteúdos
GRATUITAMENTE?

Receba em primeira mão conteúdos relevantes do mundo educacional, basta preencher o formulário abaixo!

Fique tranquilo...

Quer receber
mais conteúdos
GRATUITAMENTE?

Receba em primeira mão conteúdos relevantes do mundo educacional, basta preencher o formulário abaixo!

Fique tranquilo...