Por que é importante aprender a norma culta da Língua Portuguesa?

Na Língua Portuguesa há muitas variações, dentre elas podemos encontrar a variação regional, a coloquial, a literária, a regional, a culta, entre outras. Mas a que nós vamos falar nesse artigo é sobre a norma culta, ou norma padrão, como também é conhecida.

Desde os primórdios a linguagem/comunicação é uma ferramenta fundamental para a sobrevivência da raça humana, por isso ela vem sendo desenvolvida, aperfeiçoada para ser um idioma e assim permitir a perpetuação de diversas culturas através do tempo e do espaço.

Por ser um instrumento social, a língua é mutável e é um reflexo individual de cada falante demonstrando que ela está sujeita às ações do tempo e do meio. Desse modo, torna-se necessário uma organização padrão, para que a unidade linguística de um povo seja garantida e preservada, pois não haveria comunicação se cada um falasse e/ou escrevesse como quisesse.

Nesse artigo falaremos sobre o nosso idioma, a língua portuguesa, um dos idiomas mais ricos e falados no mundo. Estima-se que a língua portuguesa é falada por mais de 200 milhões de pessoas ao redor do mundo e está entre as 8 línguas mais faladas no planeta. Aproveite a leitura!

Qual a diferença entre língua, idioma e linguagem?

Antes de continuarmos falando sobre língua portuguesa, explicaremos a diferença entre língua, idioma e linguagem.

Língua é um conjunto organizado de elementos, desenvolvido pelos humanos para se comunicar, e comum a um grupo. É um sistema convencionado pelos homens e um desses sistemas é a Gramática.

Idioma é a língua oficial de um país, ela é utilizada para identificar uma nação. Para uma língua ser reconhecida como idioma, ela deve estar relacionada à existência de um Estado Político

Linguagem é toda forma que o ser humano usa para se comunicar, é qualquer forma de expressão utilizada pelas pessoas para se comunicar, por exemplo, a dança, as placas sinalizadoras, o semáforo e a música.

A norma culta da Língua Portuguesa

A norma culta ou norma padrão também pode ser chamada registro formal. Ela tem esse nome por ser um modelo de falar e escrever bem e tem como base a forma como falam e escrevem as pessoas cultas como escritores renomados gramáticos e dicionaristas.

A norma culta da língua portuguesa é a inspiração para a produção da gramática, mas ela não é a única e nem melhor forma de usar a língua, no entanto é um padrão para facilitar a comunicação entre os falantes desse idioma, por isso a importância de aprendê-la.

Além disso, ao aprender a norma culta da Língua Portuguesa, o falante poderá ler, escrever e compreender textos dos mais básicos aos complexos, terá a oportunidade de ascender profissionalmente, visto que um bom domínio do idioma pode abrir boas portas de trabalho, por exemplo, através de concursos públicos, e ainda, ajuda a evitar falhas na comunicação.

A base da nossa língua foi um modelo da escrita do português de Portugal, praticado por escritores romancistas lusitanos.

A história da Língua Portuguesa

Foi do latim que a língua portuguesa surgiu. Esse era o idioma falado pelos romanos que se situavam no estado da Península Itálica, o Lácio, do nome dessa cidade vem a palavra latim. Os navegantes que exploravam terras para conquistar se utilizavam da forma vulgar da língua, ou seja, utilizavam uma linguagem sem preocupações estilísticas, com variação linguística expressiva e vocabulário reduzido. O português se originou dessa vertente.

Também havia o latim clássico que era utilizado por pessoas da alta sociedade e por escritores, sendo elitizado e complexo.

Como se deu a transformação do latim para a língua portuguesa?

Bom, essa transformação se deu por causa de inúmeras migrações entre os continentes, por volta do século III a.c. Os romanos passaram a ocupar a Península Ibérica por meio de conquistas militares e estabelecer seus hábitos, estilo de vida e, inclusive, sua língua.

O latim predominou entre línguas e dialetos falados em diversas regiões, o que gerou novos dialetos nos locais onde o Império Romano dominava. Foi sob essas circunstâncias que surgiram as línguas românicas, também conhecidas como neolatinas, línguas de origem latina e utilizadas em territórios conquistados pelos romanos.

A história da Língua Portuguesa em 5 períodos.

  • Pré-românico: surgidas a partir do latim vulgar (sermo vulgaris).
  • Românico: são as línguas que resultaram da diferenciação ou do latim levado pelos conquistadores romanos. Com as sucessivas transformações o latim é substituído por dialetos. Desses, da transição iniciada no século V, surgem quatro séculos depois as demais línguas românicas: francês, espanhol, italiano, sardo, provençal, rético, franco-provençal, dálmata e romeno. O português surge no século XIII.
  • Galego-português: foi o idioma da Galiza, na atual Espanha, e das regiões portuguesas do Douro e Minho. Permanece até ao século XIV.
  • Português Arcaico: é o idioma falado entre o século XIII e a primeira metade do século XVI. É nesse período que começam os estudos gramaticais da língua portuguesa.
  • Português Moderno: é o idioma falado atualmente no Brasil e nos demais países lusófonos.

Como a Língua Portuguesa chegou ao Brasil?

A língua portuguesa chegou ao Brasil através dos portugueses. Portugal já fazia várias navegações e ao chegar aqui, em 1500, já existia o dialeto dos indígenas, estima ser mil línguas diferentes.

A língua portuguesa trazida pelos portugueses se misturou a essas línguas e criou-se outros dialetos. A cultura negra também passou a integrar esse arcabouço linguístico. Em resumo, pode-se dizer que a implantação do português no Brasil foi marcada por quatros períodos diferentes:

Para chegar ao português brasileiro que se fala hoje, aconteceram diversas mudanças: acréscimos e/ou supressões de ordens morfológica, sintática e fonológica na língua. E mesmo atualmente, ela ainda está em um processo de construção de sua identidade. A prova disso é o Novo Acordo Ortográfico, implementado em 2009.

Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa

Os países lusófonos assinaram, em 12 de outubro de 1990, o Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa. O objetivo foi a unificação das regras gramaticais para os países que adotam o idioma.

A implantação é gradativa. Para Brasil e Portugal terminaria em dezembro de 2015, mas países como Cabo Verde têm até 2019 para completar a implantação.

O acordo foi assinado por Brasil, Portugal, Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe.

Gostou do nosso conteúdo?

Conheça também a nossa plataforma de cursos online gratuitos, clicando aqui!

Siga nossa página no Instagram @soeducador, postamos conteúdos incríveis lá! ?

Referências

Conheça a história da Língua Portuguesa. Mackenzie. Disponível em: https://blog.mackenzie.br/vestibular/materias-vestibular/conheca-a-historia-da-lingua-portuguesa/#:~:text=A%20l%C3%ADngua%20portuguesa%20surgiu%20do,portugu%C3%AAs%20se%20originou%20dessa%20vertente . Acesso em: 3 de nov. 2022.

História da Língua Portuguesa. Toda Matéria. Disponível em: https://www.todamateria.com.br/historia-da-lingua-portuguesa/  . Acesso em: 3 de nov. 2022.

Língua, idioma e dialeto – conheça os corretos significados desses termos. Korn traduções. Disponível em: https://www.korntraducoes.com.br/lingua-idioma-e-dialeto-significados-termos/#:~:text=Uma%20l%C3%ADngua%20se%20torna%20idioma,exist%C3%AAncia%20de%20um%20Estado%20Pol%C3%ADtico . Acesso em: 2 de nov. 2022.

Língua e linguagem: o que é e qual a diferença? Toda Matéria. Disponível em: https://www.todamateria.com.br/lingua-e-linguagem/ .Acesso em: 3 de nov. 2022.

Norma culta – o que é e por que estudá-la? Clube do Português. Disponível em: https://www.clubedoportugues.com.br/norma-culta / . Acesso em:  1 de nov de 2022.

O que é gramática. Gramática. Disponível: https://www.portugues.com.br/gramatica . Acesso em: 3 de nov. 2022.

 

2 thoughts on “A história da Língua Portuguesa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *