Conheça passo a passo de como elaborar um plano de aula 

Você sabe como fazer um plano de aula organizado e eficiente? Infelizmente, muitos professores ainda têm dúvidas nesse aspecto. É importante salientar que o plano de aula deve ser flexível para atender as necessidades da turma.

Então, para que cada aula seja mais organizada, é fundamental seguir alguns passos para que isso aconteça. 

Pensando na dificuldade de muitos professores para elaborar um plano de aula decidimos fazer um artigo explicando passo a passo como preparar um plano de aula. Boa leitura!

O que é um plano de aula?

Um plano de aula é um documento preparado pelo professor organizado nesses pontos: 

  • o tema da aula;
  • o conteúdo a ser ensinado;
  • seu objetivo;
  • metodologia de aprendizagem utilizada;
  • método de avaliação.

Como fazer um plano de aula?

É através do plano de aula que o docente deve fazer uma reflexão específica do tema para identificar as eventuais dificuldades dos alunos e como ajudar nas necessidades dos estudantes. Confira passo a passo de como preparar um plano de aula:

1. Considerar a realidade do aluno

Primeiramente, antes de iniciar o plano de aula o professor deve considerar a realidade do aluno e refletir sobre as suas condições e suas necessidades no ambiente escolar.

Seguindo essa abordagem, a estratégia escolhida será mais eficiente, visto que é direcionada para as necessidades dos alunos. Lembrando que cada turma deve ter um plano de aula individualizado, pois o que funciona em uma determinada sala de aula pode não funcionar em outra. Por isso, a importância do planejar, principalmente, considerar as especificidades de cada aluno. Um plano de aula voltado para a realidade da turma.

Outros pontos para serem analisados são as questões econômicas, físicas, culturais, sociais e cognitivas destes alunos. A Neuroeducação salienta a importância de considerar a realidade e especificidades dos sujeitos, ou seja, o aluno deve ser o protagonista nesse processo.

2. Decida a duração da aula

A duração da aula é critério do educador, pois ele tem o conhecimento do conteúdo programático que vai seguir.

Além disso, o professor deve ter em mente que o conteúdo pode ser ensinado em outras aulas, visto que em uma única aula às vezes não dá tempo de explicar todo o conteúdo. Sendo assim, tendo essa organização do tempo de aula o professor pode separar outras aulas para ministrar o conteúdo. 

3. Escolha o tema da aula

O professor deve escolher um tema de acordo com o plano de ensino, no caso o planejamento que abrange atividades e objetivos educacionais para o ano letivo inteiro.

Agora vamos entender do que se trata esse tema. Então, o tema é a explicação do que será apresentado na sala de aula, como algo bem específico dentro de uma disciplina, e que será desenvolvido no conteúdo com detalhes, por exemplo, em uma aula de Língua Portuguesa, ortografia é um exemplo de tema para aula.

4. Defina o conteúdo a ser abordado

No plano de aula o conteúdo está diretamente associado ao tema, visto que é o objetivo da aula. 

No decorrer da apresentação da aula dos conteúdos que foram determinados, o educador acompanha o aprendizado dos alunos com o intuito de alcançar os objetivos que foram definidos no planejamento da aula. 

5. Defina o objetivo a ser alcançado

O objetivo é o que o professor deseja que os alunos aprendam durante a aula, por exemplo, em uma aula de Língua Portuguesa com o tema de ortografia o docente pode determinar quais serão os objetivos de aprendizagem que ele pretende trabalhar em sala de aula, como:

  • Observar e comparar a escrita das palavras – ortografia;
  • Escrever corretamente;
  • Ampliar o vocabulário;
  • Soletrar.

No plano de aula pode ter quantos objetivos o professor achar melhor, visto que não tem um limite para isso.

Em alguns planos de aula pode conter o objetivo geral e os objetivos específicos. Caso isso aconteça abaixo será explicado detalhadamente cada um:

  • Os objetivos gerais a serem alcançados: o que os alunos irão conseguir atingir com o estudo desse tema.
  • Os objetivos específicos: relacionados a cada uma das etapas de desenvolvimento durante a aula.

6. Defina a metodologia a ser utilizada

A metodologia consiste nos métodos que vão ser escolhidos pelo professor para acompanhar o processo de aprendizagem do aluno. Significa dizer como o educador vai coordenar suas aulas.

É nesse momento que o professor deve ter uma preocupação a mais, visto que dependendo da metodologia que vai ser utilizada pode motivar ou desestimular os alunos. 

As aulas ainda são muito tradicionais na maioria das escolas. Esse é um exemplo de aula que não instiga a participação e nem atenção da turma. Então, é aqui que você deve utilizar o máximo de recursos que provoque o desejo de motivação e interesse dos alunos. Por isso, é importante conhecer a turma, qual estratégia funciona na sala de aula e quais metodologias que realmente tem um bom resultado e que o aluno aprende. 

Então, é interessante se atentar para essa questão. Será que apenas utilizar o método passivo com aulas totalmente expositivas em sala de aula vai possibilitar que o aluno desenvolva todas as suas potencialidades? Creio que você já sabe a resposta. Precisamos investir em metodologias ativas de aprendizagem na sala de aula com nossos alunos. Infelizmente, muitas das vezes não é possível por inúmeras questões, nós professores conhecemos bem essas dificuldades. Mas precisamos colocar os alunos como protagonistas no processo de aprendizagem. É importante estimular o máximo nossas crianças e adolescentes, pois como dizia Paulo Freire: “Educação não transforma o mundo. Educação muda as pessoas. Pessoas transformam o mundo”. 

Confira alguns exemplos de metodologias:

  • Aulas expositivas.
  • Estudo de caso.
  • Gamificação.
  • Exercícios práticos.
  • Estudo dirigido.
  • Estudo de texto.
  • Mapa conceitual.
  • Painel.
  • Pesquisa de campo.
  • Seminário.
  • Solução de problemas.

7.  Selecione recursos didáticos

Esses recursos didáticos são materiais de apoio que facilitam a explicação do conteúdo. Além disso, são estratégias para ajudar na aprendizagem dos alunos de forma lúdica e dinâmica. Então, utilize muito na sala de aula, pois estimula o interesse do aluno e motiva também.

Confira alguns exemplos de recursos didáticos:

  • Computador.
  • Cartaz.
  • Filme.
  • Televisão.
  • Jogo.
  • Documentários.
  • Mapa.
  • Slide.
  • Música.
  • Materiais confeccionados.

Nesse momento o professor deve trazer materiais que necessita para que as aulas fiquem mais dinâmicas e que instigue a motivação e interesse do aluno.

8. Selecione como avaliar o aprendizado dos alunos 

Depois que o professor finaliza uma aula, em seguida, vem a avaliação. A aplicação de uma avaliação é necessária para saber se de fato o aluno aprendeu. E nesse caso a prova é o instrumento que vai possibilitar  que o docente tenha o conhecimento de quem aprendeu e quem ainda tem dificuldade. 

Além disso, o professor tem a oportunidade de avaliar se os objetivos definidos foram conquistados. 

Contudo, a prova não é a única forma que existe de avaliar o aluno, visto que os educandos são mais que uma nota. E como cada indivíduo aprende de maneiras diferentes, nós como professores devemos criar possibilidades para avaliar os alunos de inúmeras formas.

Confira alguns exemplos de avaliação:

  • Participação do aluno em sala de aula.
  • Avaliação escrita e oral.
  • Exercícios de fixação.
  • Trabalho feito em sala de aula e em casa.
  • Apresentação de seminário.
  • Atividades em grupo.

9. Informe as referências utilizadas

Portanto, ao final indique quais foram as referências que utilizou para o desenvolvimento do plano de aula, por exemplo, livros, sites, vídeos, documentos, artigos, manuais, entre outros. Todos esses exemplos você pode utilizar para elaboração do plano, é só referenciar no fim.

Modelo de plano de aula

Como você já conhece o passo a passo para elaborar um plano de aula confira um modelo que pode ser usado em diversos contextos educacionais.

Link do modelo de plano de aula: https://drive.google.com/file/d/1KsV5NnAAYGybV16WaDf21ONXAeYiIMdQ/view?usp=sharing.

Gostou do nosso conteúdo?

Conheça também a nossa plataforma de cursos online gratuitos, clicando aqui!

Siga nossa página no Instagram @soeducador, postamos conteúdos incríveis lá!

Referência:

MUNIZ, Carla. Plano de aula (como fazer, modelo e exemplos). Toda matéria. Disponível em: https://www.todamateria.com.br/plano-de-aula/. Acesso em: 21 de nov. 2022.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *